quinta-feira, 21 de março de 2013

Roteiro pela Côte d'Azur: Nice

Nice é a maior cidade da região (aliás, é quinta maior do país) e tem um aeroporto super movimentado. Eu adorei a cidade. Apesar de grande é super limpa, tem um mar azuuuul, tem muitos cafés, tem a parte antiga da cidade (Vieux Nice) com suas ruelinhas super charmosas... tem hotéis chiques na orla, mas tem casinhas coloridas na Vieux Nice. Aliás, a cidade foi italiana até 1860 e as fachadas da Cidade Velha são tipicamente italianas. Além disso, tem muitos museus (que eu não conheci, afinal, pra quê se enfiar em museu com aquele mar todo pra mim!) e algumas catedrais. Uma delas é a fantástica Catedral Ortodoxa Russa. Tem como não gostar????



Chegamos em Nice no finzinho da tarde e pegamos o tram para ir do nosso hotel até o centro e começar a dar umas voltinhas. O mapinha desse dia está aí!




Descemos na Place Masséna e seguimos pela Rue Masséna, que tem muitos cafés, restaurantes e lojas.





Fomos seguindo por essa rua até o movimento diminuir e, então, seguimos rumo à praia. A orla é linda. A promenade des Anglais segue por 8 km e vai dar lá no aeroporto. 




Ficamos andando pela orla, para um lado... para o outro... Olhando o lugar, as pessoas, o mar...





Algumas partes da praia são fechadas. Ali você paga pra entrar e alugar uma cadeira e um guarda-sol e tem o restaurante e bar. Bem diferente do que estamos acostumados aqui no Brasil. Eu não sei os preços, porque não fiquei em nenhum deles. Nice ainda tem grandes áreas abertas na praia, diferentes de Cannes, onde quase toda a orla é particular. Pelo que eu li, se você quer ficar em algum desses clubes de praia específico, principalmente se for nos mais badalados, durante o verão, é bom reservar antes, pois ficam lotados. 






Na orla fica o famoso hotel Le Negresco, da Belle Époque. É pra tirar foto da fachada mesmo, porque a diária  para casal em alta temporada varia de 300 a 700 euros. Só pra quem pode de verdade.




Continuamos nosso passeio pelo orla e fomos vendo o entardecer. Na verdade, anoitecer, pois no verão tem claridade até quase 22 horas.





Quando anoiteceu, demos mais uma volta pela Place Masséna, que estava super movimentada.




Depois voltamos pra orla, porque, acredite, estava tendo trio elétrico!!! Foi uma ótima surpresa, e estava super animado! O mais engraçado é que a francesada tinha um monte de coreografia! E todo mundo entrava na dança e fazia tudo igualzinho, de 8 a 80!





E aí, começa a tocar o que... ai se eu te pego, ai, ai se eu te pego... e todo mundo cantando junto!!!!

video

E de repente você se vê ali... no meio do povo... debaixo de uma lua de deixar qualquer um babando... todo mundo numa energia super bacana, sem confusões... sem comentários... são esses pequenos momentos que marcam e que fazem sonho e realidade se tornarem uma coisa só! Difícil descrever...





No dia seguinte fomos a pé do hotel até a Catedral Ortodoxa Russa. Muito bonita! Pena que pra entrar tinha que estar de pernas cobertas... e quem pensa nisso na praia e num sol de rachar? Eu não!




Depois fomos andando até a praia para, finalmente, saber qual a sensação de frequentar uma praia de pedrinhas!



Como a gente ia ficar na parte aberta da praia, compramos um guarda-sol pequeno (beeem pequeno) de 7 euros, que foi a maior bobagem, porque não usamos quase nada e depois largamos no hotel.



No início é meio ruim ficar nas pedrinhas, mas dá pra acostumar. Não que seja super confortável, mas como disse no primeiro post, achei ótimo sair da praia bem limpinha, sem areia por todos os lados! Se vc for esperto, pode fazer como essa menina da foto!


A praia estava lotada, mas sem chegar a incomodar... Mas tava bem cheia! O engraçado é que as pessoas lá (e nas outras praias que fomos) ficam na praia, na praia. Quer dizer que elas não ficam em quiosques, não comem, não bebem... ficam só no sol e na água. Só come e bebe quem está nos restaurantes das praias particulares.


Além disso tinha um pessoal fazendo outras atividades... Fiquei doida pra fazer essa que voa e cai na água, mas deixei pra mais tarde e fiquei cheia do almoço... aí achei mais prudente não fazer... rsrs





Depois do almoço (na Rue Masséna) fomos para a Vieux Nice. Ficamos rodando por lá boa parte da tarde. Vendo as lojinhas, as casinhas coloridas, os cafés...











A gente viu lá de longe o teatro de Nice e uma igreja que não sei qual é...



O mapinha desse dia está logo abaixo. No fim da tarde pegamos o trem para Cannes.




Teve um monte de coisas que não conhecemos em Nice. Como os vários museus (Musée Matisse, Musée d'Art Moderne et d'Art Contemporaine, Musée Chagall, Musée des Beaux-Arts, Musée des Arts Asiatiques), palácios (Palais Lascaris, Palais Masséna) e a Colline du Château (da foto), de onde se tem uma bela vista da cidade.


Próximas paradas: Cannes, Monaco e Menton.


Para saber onde ficar, transportes e roteiro leia também: Roteiro pela Côte d'Azur

Conheça outras cidades: 




Nenhum comentário:

Postar um comentário